MARK STORY: VIVENDO EM TRÊS SÉCULOS

Durante os anos 70 e 80, Mark Story trabalhou como diretor de comerciais, acostumado a utilizar belos rostos e estereótipos para vender seus produtos. Ele confessa que as pessoas mais engraçadas e interessantes para surgirem em um comercial televisivo são idosas. Idosas e que nunca atuaram. Um breve lampejo para seu futuro e brilhante trabalho.

mark_story_20110505_02_bo_watermark.jpg

Eis a arte do tempo, esculpida no rosto humano de forma lenta, sucinta e perturbadoramente implacável. O projeto Living in Three Centuries – The Face of Age(Vivendo em três séculos – o rosto do tempo) surgiu do simples desejo do fotógrafo Mark Story de fotografar pessoas velhas, pessoas gastas pelo tempo. Porém, não tardou que Mark percebesse que estas pessoas não eram apenas uma imagem áspera, uma foto reflexivamente impactante, capaz de causar uma espécie de horror e compaixão. Por trás das fotos, das faces enrugadas onde o tempo assoprou qualquer existência de jovialidade e talvez beleza, existem histórias, muitas, e verdadeiramente fantásticas.

Todas as fotos do projeto são sem cores, contando com um judicioso plano de fundo negro que serve como base para a emersão da face e toda a grandeza da imagem: o close enfático. Somente o rosto e toda a expressão de uma vida.

Mark Story realizou o projeto durante os anos de 1987 e 2005, fotografando pessoas de todas as partes e pedaços do mundo. Na maioria eram centenárias, pessoas que alcançaram a inestimável marca de cem anos de idade ou mais. Algumas, inclusive, fizeram jus ao nome do projeto e viveram de facto em 3 séculos diferentes. Entretanto Mark não deixou que a idade “cem anos” direcionasse seu trabalho como uma regra, fotografando também, por exemplo, um homem de 46 anos que sofreu pólio e raquitismo, outro de 52 que era alcoólatra. O trabalho não está realmente direcionado para o contar dos anos e sim para a marca dos anos na face. Seja pelo tempo, por escolhas, por fatalidades.

Mas o trabalho completo não se resume apenas às fotografias, mas também às suas legendas, que tratam de comover e dão uma dimensão mais profunda ao trabalho de Mark. Uma imagem pode valer mais de mil palavras, mas o inverso é recíproco. Mark conversava com estas pessoas, escutava atentamente cada uma de suas histórias e assim inseriu legendas para cada uma das 60 fotografias do projeto.

mark_story_20110505_08_bo_watermark.jpg

Cada relato é simplesmente fascinante – desde a mulher com 101 anos cega pela velhice que diz adorar homens lindos e, ao ser indagada sobre como sabe que eles são lindos, responde: “você simplesmente sabe”. Ou quem sabe o velho italiano que no seu aniversário de 105 anos tomou duas taças de vinho tinto, dançou com garotas, com seu médico e com a enfermeira. Ou a portuguesa de 103 anos que aos 80 se veste de preto carregando fervorosamente o luto pela morte precoce de seu marido. Estas são algumas histórias, tão incríveis quanto as restantes e absolutamente reais.

As fotografias de Mark são soberbas, evidentemente. Acredito que todos nós ficamos mais humanos ao vê-las, ao constatar que o tempo passa, as coisas mudam, não vamos viver para sempre, e envelhecer não é exatamente se tornar aquele avô simpático nas propagandas de natal cortando uma fatia de peru. O que é envelhecer? Talvez uma simples fatalidade. De qualquer forma, todos os modelos fotografados por Mark concordam em uma coisa: nada é ruim o suficiente para que você desista.

mark story velho velhice tempo

mark story velho velhice tempo

mark story velho velhice tempo

mark story velho velhice tempo

mark story velho velhice tempo

©MarkStoryPhotography.com

Autor: TIAGO VARGAS

Tiago Vargas se caracteriza como atos em determinadas circunstâncias, ações e reações sobre um caos relativamente ordenado. O que é já não importa, pois nada que possa ser explicado vale a pena ser dito. Julga a imaginação interessante pela sua falta de limites e a ambição repugnante pelo mesmo motivo. Tem como meta para 2016 publicar seu primeiro livro. www.tiagoav.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s